Vozes da Rede: Diretora de Comunicação, Relações Públicas, Impacto Social e Hospitalidade da Laureate Brasil, Rosa Moraes

Na edição deste mês, tivemos o privilégio de conversar com a diretora de Relações Públicas, Comunicação, Impacto Social e Hospitalidade da Laureate Brasil, Rosa Moraes, sobre a sua ilustre carreira na Laureate Education, a sua paixão pelo curso de gastronomia e a sua inspiração para utilizar a educação para transformar o mundo.

Para começar, você tem muitas responsabilidades diferentes na Laureate Brasil. Você pode nos contar um pouco sobre sua carreira aqui?

Em 1999, tive a oportunidade de implementar o primeiro curso de gastronomia no Brasil na Universidade Anhembi Morumbi (UAM), antes da sua integração com a Laureate. Depois que a UAM se juntou à rede em 2006, comecei a pensar em como poderíamos expandir os cursos de gastronomia em todo o Brasil e, em 2008, tornei-me diretora de hospitalidade da Laureate Brasil. Desde então, introduzimos cursos de graduação em gastronomia em 10 instituições no Brasil, além de vários cursos de pós-graduação na área de hospitalidade!

À medida que a Laureate começou a ampliar a sua presença no Brasil, a equipe precisou de pessoas para preencher papéis cruciais e eu me tornei diretora de comunicação e RP da Laureate Brasil. Hoje, além de minha função como diretora de comunicação e relações públicas, supervisiono as iniciativas de impacto social em toda a Laureate Brasil e, ainda, estou muito envolvida como embaixadora dos programas de gastronomia.

Desde que você iniciou o primeiro curso de gastronomia do Brasil, há quase 20 anos, você ajudou a Laureate a aumentar as suas ofertas de gastronomia em toda a rede. O que te faz tão apaixonada por este trabalho?

Em muitas culturas, a comida tem o poder de unir as pessoas – jantares em família, ceias comemorativas, almoço com amigos etc. Mas é muito mais do que isso. A comida é uma necessidade para a sobrevivência. Nossos cursos de gastronomia não tratam apenas de ensinar um aluno a preparar uma refeição com cinco pratos em um restaurante caro. Eles educam os estudantes sobre a importância da sustentabilidade e os diversos fatores que são vitais para a produção de alimentos. Existem bilhões de pessoas no mundo e todos precisam comer. Preparar futuros líderes para estarem mais bem equipados para encontrar soluções para questões como escassez de alimentos e a desnutrição é extremamente importante para mim.

Ao longo dos anos, nossos cursos de gastronomia atuaram como “pioneiros” no setor de alimentos e bebidas no Brasil. Temos um corpo docente excelente e nossa infraestrutura e instalações são fantásticas. Vimos como a área mudou ao longo dos anos e desempenhamos um papel importante nesse aspecto. Temos egressos incríveis recebendo prêmios e reconhecimentos, e eles retornam para ensinar e retribuir aos estudantes. Eu me sinto muito abençoada, tem sido incrível fazer parte disso!

A missão Here for Good está no centro de tudo o que fazemos e nossas instituições brasileiras continuam incorporando esses valores. O que a missão Here for Good significa para você?

A missão Here for Good significa estar aqui para fazer o bem no mundo e estar aqui para sempre. Não é apenas uma responsabilidade como cidadãos do mundo de ajudar a melhorar as comunidades em que vivemos, mas é fazer a nossa parte para garantir que as futuras gerações prosperem. Tenho muita sorte de trabalhar para uma empresa que tem isso incorporado à essência de sua missão. Todos os dias tenho conhecimento de estudantes e professores que estão fazendo coisas incríveis, que estão mudando a vida das pessoas em nossas comunidades. Por exemplo, o Médicos de Rua, administrado por membros excelentes do corpo docente da UAM, leva uma equipe de estudantes e professores às ruas de São Paulo para oferecer assistência médica gratuita às nossas comunidades mais carentes. Quando fui voluntária em um desses eventos no ano passado, vi a equipe literalmente salvar a vida de um homem bem na frente dos meus olhos! Foi um momento incrivelmente tocante e comovente para mim e que demonstrou o que é a missão Here for Good.

Expandir o acesso ao ensino superior de qualidade para tornar o mundo um lugar melhor tem sido a missão da Laureate desde o início e isso é reforçado por nossa certificação B Corp. Como essas iniciativas se conectam ao nosso espírito Here for Good?

A certificação B Corp exige que a Laureate e todas as instituições da rede realizem uma avaliação rigorosa que mede nosso impacto sobre nossos estudantes, colaboradores/professores, nossas comunidades e o meio ambiente. Ela nos força a fazermos perguntas difíceis sobre o nosso impacto social e ambiental, e nos leva a encontrar maneiras significativas de melhorar.

Durante as visitas às unidades para a nossa primeira certificação em 2015, eu estava nervosa porque era tudo tão novo para nós! Mas acabamos nos saindo muito bem e isso comprovou de forma crível e transparente todas as coisas que estamos fazendo para cumprir a missão Here for Good. Essa certificação, no entanto, é muito mais do que uma avaliação – é um movimento global. Minha forma predileta de pensar sobre como isso se relaciona com a Laureate e as nossas instituições é que não estamos apenas nos esforçando para sermos os melhores do mundo, mas também os melhores para o mundo. Ela nos ajuda a equilibrar nosso propósito e lucro, fazendo a ponte entre nossa comunidade acadêmica e nossas operações comerciais. O que mais me entusiasma é o nosso papel neste movimento – temos o poder de dotar os estudantes com as habilidades e a conscientização para serem embaixadores, preparando-os para liderar empresas inovadoras que estão determinadas a fazer a diferença no mundo.

Vamos falar do seu trabalho com a International Youth Foundation (IYF). Qual tem sido seu papel em ajudar a Laureate a aumentar seu impacto para além de seus estudantes tradicionais?

A International Youth Foundation (IYF) e a Laureate são parceiras desde 2002, gerando um impacto em mais de 1,7 milhão de pessoas no mundo. Por meio desta parceria, apoiamos mais de 1.700 jovens agentes de mudança incríveis para prepará-los melhor para resolver alguns dos desafios mais prementes do mundo. Somente no Brasil, apoiamos mais de 156 jovens, até agora, que impactaram positivamente mais de 159 mil pessoas em seus empreendimentos sociais. Isso não se limita aos alunos ou egressos da Laureate, é para qualquer jovem empreendedor social comprometido em contribuir para um mundo mais justo e inclusivo. Para mim, essa parceria é inspiradora porque permite que a Laureate amplie seu impacto além de seus estudantes e, o mais importante, reconhece que devemos trabalhar juntos para o objetivo comum de melhorar a humanidade. A parceria é apenas um exemplo de como promovemos nossa missão de tornar o mundo um lugar melhor!

Qual foi sua experiência mais memorável trabalhando na Laureate Brasil?

Ao longo de minha carreira na Laureate, foi incrível ver nossa rede crescer e evoluir, tornando o ensino superior acessível a muito mais pessoas do que eu poderia imaginar em 1999, quando comecei pela UAM. A Laureate Brasil começou com cerca de 21 mil estudantes e hoje temos mais de 271 mil! Ver uma pessoa evoluir de um jovem estudante ambicioso para um profissional respeitado e realizado é muito gratificante para mim. Eu particularmente gosto quando um ex-aluno retorna para retribuir aos estudantes atuais! Sinto-me abençoada por fazer parte disso – eu continuo inspirada pela rede Laureate e a oportunidade que temos de mudar o mundo por meio da educação.

Qual seria sua mensagem final para o público de mais de 65.000 membros da Laureate em todo o mundo que estão esta entrevista?

Para todos os nossos colegas – de acadêmicos a colaboradores corporativos – estamos todos trabalhando pelo mesmo objetivo; e isso é poderoso. Como equipe, temos a oportunidade de transformar o mundo em um lugar melhor. Estamos transformando vidas por meio da educação. Estou animada para ver o que podemos conquistar como time nos próximos anos!