Educando os Futuros Líderes da Comunidade de Uganda

Alimentado por sua paixão em usar a saúde pública e a educação como agente de mudança, Richard Kara, ex-aluno da Walden, fundou a Tara School, Inc. para jovens em Namutumba, Uganda.

Para Richard Kara, receber educação é um privilégio, não um direito. Em países em desenvolvimento ou com recursos limitados, como Uganda e outros países da África, a educação na primeira infância vem em segundo lugar, depois de suprir as necessidades básicas da família, sendo vista como uma oportunidade apenas para os ricos e para as grandes cidades. Richard fundou a Tara School sob a premissa de que os pais não deveriam escolher se o filho receberia ou não os dividendos de longo prazo de uma educação. 

Criado em Uganda, Richard passou seus primeiros anos vivendo em um vilarejo remoto antes de sua família se mudar para a cidade de Jinja, onde ele se matriculou em um programa de educação primária. Nos fins de semana, ele viajava com seu tio para Namutumba, um vilarejo a leste da cidade, para comprar mantimentos. Cada viagem deixava Richard confuso com o número de crianças que se alinhavam ao lado da rua vendendo mantimentos. “Eu estou indo para a escola”, ele pensou. “Por que eles têm que vender mantimentos?”. Uma década depois, ele encontraria uma cena familiar, desta vez na Zâmbia.

A paixão de Richard pela educação o levou aos EUA, onde se formou pela Rutgers University. Logo após a formatura, ele começou a trabalhar em uma empresa de dispositivos médicos. Selecionado para participar do programa de voluntariado dos colaboradores, Richard viajou para um vilarejo na Zâmbia para ensinar práticas básicas de saúde pública, incluindo técnicas laboratoriais seguras e o descarte adequado de lixo hospitalar. Ele conheceu várias crianças, todas com um tremendo potencial e habilidades natas de liderança, mas sem acesso a um sistema ou uma instituição educacional formal. Richard deixou a Zâmbia perguntando-se: “como posso ajudar essas crianças para que elas possam ter sucesso e influenciar mudanças como líderes em suas comunidades?”. Richard sabia que a resposta combinava práticas de saúde pública e educação, e então ele se matriculou para um doutorado no curso de Saúde Pública da Walden University e formou-se com o conhecimento adicional e as ferramentas necessárias para fazer uma mudança real. 

A visão de Richard era simples – inspirar, ter sucesso e transformar. Em 2013, ele fundou a Tara School em Namutumba, a mesma vila que ele visitou uma década antes, em busca de mantimentos – uma comunidade que ainda via a educação como um privilégio, não uma necessidade. Ele entendeu que mudar a percepção da importância da educação infantil e primária era multifacetado e complexo, então ele solicitou o apoio dos líderes de aldeias, residentes e representantes do governo para desenvolver uma escola que refletisse as tradições locais e introduzisse melhores práticas educacionais reconhecidas. 

Nos últimos cinco anos, sob a liderança de Richard, a Tara School teve mais de 200 alunos matriculados e, em 2017, formou sua primeira turma inaugural de seis alunos que passaram no Exame Nacional de Uganda com as mais altas honras e foram aceitos em algumas das melhores escolas de ensino secundário em Uganda. Embora a visão para a Tara School seja expandir-se para tantos lugares dignos quanto os recursos permitirem, Richard espera poder impactar apenas algumas crianças para serem agentes sociais e líderes em suas comunidades. “A maioria das pessoas acha que a inspiração vem de mim, mas a inspiração vem das crianças. Elas me inspiram, mas eu também as inspiro fornecendo ferramentas que elas precisam para liderar. Transformação é uma mudança de paradigma para mim. Eu quero que elas tenham a capacidade de retribuir e serem agentes de mudança para suas comunidades.”